Chega pra somar e a hora certa.


quinta-feira, 29 de maio de 2008

PAULO VANDERLEY,UM JOVEM QUE EXALTA O REI



O jovem administrador de empresa, e consultor previdênciario,Paulo Vanderley Tomaz é uma daquelas pessoas que nos enche de orgulho de ser nordestino,para falar um pouco desse garoto vou tratar-lhe doravante simplesmente por Paulinho,essa figura muito querida que apesar da pouca idade já é um grande pai de familia que divide seu tempo entre sua esposa Suzana e os herdeiros paulinho e paulinha seu trabalho corrido e sua grande paixão Luiz Gonzaga, onde mantém o mais completo site em relação ao Rei do Baião o www.luizluagonzaga.com.br onde os amantes da música vida e arte do filho de Januário e dona Santana poderão fazer uma verdadeira viagem em todo acervo disponibilizado neste site que é uma verdadeira maravilha,indo desde uma discografia completíssima passando por dados bibiograficos e registros em audio e vídeo que deixa qualquer Gonzagueano mais apaixonado
Paulinho esse menino arretado do Piancó e que adotou Fortaleza como sua segunda terra desde sua infância convivendo em Exú quando à época Paulo Marconi seu pai gerênciava a agência do Banco do Brasil,nasceu uma grande amizade com o rei do baião consequentemente a paixão de Paulinho que tornou-se um grande estudioso e pesquisador e colecionador das coisas ligadas a Luiz Gonzaga e sua história.
Começou com seu outro site e também sua paixão Gonzaguinha o eterno aprendiz e que tem o seguinte endereço www.gonzaguinha.com.br hoje tido como o site oficial para muitos fãs de Gonzaguinha que a exemplo do site do rei tem grande acêrvo.
Nessas andanças Gonzagueanas Paulinho participou de um grande momento para história da música nordestina com seu trabalho importantíssimo na produção do grande evento que marcou 60 anos da música ASA BRANCA o clássico de Luiz Gonzaga e Humberto Texeira que teve a participação de grandes nomes de nossa música e também a presença da atriz Denise Dumont filha do Doutor do Baião Humberto Texeira o poeta de Iguatú
Paulo Vanderley Tomaz nosso Paulinho hoje dá sua parcela de contribuição para que mantenha-se viva essa chama gonzaguena através de palestras em audio-visual em escolas universidades....parabéns grande mano os nordestinos cabras da peste chegados ao que há de melhor em nossa cultura verdadeiramente de raiz penhoradamente de diz de peito aberto muito obrigado PAULINHO.....e que Deus te ilumine e proteja para que continue a defender o que existe de bom na cultura nordestina e receba aqui o abraço desse Gonzagueano que te admira e que lhe é sempre agradecido por ter proporcionado a alegria de apresentar o grande evento de lançamento em Fortaleza do livro Gonzagunha e Gonzagão uma história brasileira....da jornalista Regina Encheverria...saaaauadações GONZAGUIANASSSSS







Grande momento Gonzagueano. onde Paulo Vanderley,
recebe o troféu das mãos de Chico Bezerra.


sexta-feira, 16 de maio de 2008

Comunidade "Bico de papagaio" XVI ENA – 15 a 21 de julho - 2007 Araraquara – SP


André* Edvam* Pedrinho* Edith* Luiz Negão*

Rosário* lucinha* Cati* Lúcia* Nena* Irene*

Solimar* Eles Noeli* João Franchico* Divino*

Irineu* Rosirene* sé*


16° Edição do ENA
Araraquara Foi o
Lugar
Hoje
Digo Que Pena!
É Que Sábado Vai Acabar


Cheguei Numa Comunidade
Dizendo Daqui Não Saio
Foi Grande a Felicidade
No Bico de Papagaio


O João Francisco
me Ensinou
Com0 é Ser Cabloco Forte
Diante de Uma Grande Dor
Que Veio das Bandas do Norte


Lucinha , Edith e André
Turma do Cachecol
Azul
Veio Mostrar Como é Que é
Mato Grosso e Mato Grosso do Sul


Catarina é Só Bondade
Nossa CatÍ ... Labore ,
E Grande Dignidade
Dentro do MFC


Em Sua Caminhada de Fé.
Lutando Por Educação e Moral
o
Isto é Salete Nossa Sé
Nossa Firme Catedral.


Que Trem Danado de São Sô
Veio Lá Das Minas Gerais
Divino, Rosário e Eles ... ô
Nois ...Nois Num Esquece Jamais


Por Aqui Também Passou
Um fantástico Cidadão
Que ao Seu Modo Expressou
Carinho Com Esse Irmão


Mostrou-se Tão Preocupado
Com O Jovem Hoje E Amanhã
Este Homem Iluminado ,
E Meu Amigo Edvan


A Terra Que Em 2001
Foi O Grande Berço Do Ena
Nos Lembrou Cafarnaum
Através De Lea E DE Nena


A Você Léa Querida
Toda Minha Gratidão
Pois Conduziu Decidida
Toda Sua Coordenação .


Noeli Com Seu Bairrismo

Em Expressão Tão, Colosal
Nos Ensinou' Que E Preciso
Amar A Terra Natal

O Exemplo De Irene
Demonstrou Convicção
Que Quem Bebe Na Fonte Perene
Vence Qualquer Tribuição


Lúcia Tão Graciosa
Com Coração Tão Gentil
Claro Que é Da Cidade Maravilhosa
Coração Do Meu Brasil


Um Momento Mi Marcou
Felicitou Meu Coração
Foi Uma declaração De Amor
Ao Rádio, A Comunicação


O Dono Desse Gesto Nobre
Tem Um Grande Coração,
E Preocupado Com O Pobre,
E Luiz... Nosso Negão


Saudade Da Minha Terra
Não Mi Deixaram Sentir
Pois Junção De Sol E Mar
Eu também Encontrei Aqui


Teve um Companheiro Ausente
O Paranaense Irineu'
Sei Que Ficará Contente
Pois ninguém lhe Esqueceu


Rosirene Tão lmportante
No Distante Amapá
Teria Sido Brilhante
Se Tivesse Vindo Prá Cá


E Assim Em Quadras Expressei
Como Foi O Ena Viver
Como Vocês Eu Crescerei
Dentro DO MFC


A Cada Irmão Querido
'Meu Melhor Muito Obrigado
Vou Partir Enriquecido
Amando ... Pois Fui Amado


Vou Partir Deixando O Ena
C0m Vontade De Chorar
Volto A Terra De Iracema
Meu Querido Ceará


Estou Indo Com Anseio
Dentro Do Meu Coração
De Vê-Ios Em Nosso Meio
Seria Grande Elll0ção
Recebê-Ios Qualquer Hora
Na Terra De Nossa Senhora
Senhora De Assunção
Terra Também De Alencar
De Movimento Familiar
Onde Caminha O Cristão

Chamaram-me Até De Poeta
Poeta nem Sei Se Sou

Sei Que Sou Esse Serzinho,

A Quem Chamam De Pedrinho
E Que Escreve Com Amor

terça-feira, 13 de maio de 2008

Patativa do Assaré

Uma dupla baiana peso pesado, em se tratando de cultura popular do meu nordeste,poeta Emannuel Castro Sampaio e o cantor e compositor forrozeiro dos bons,Gilton Della Cella compuseram uma maravilha em homenagem ao maior poeta social do planeta o título não poderia ser outro, a musica chama-se Patativa do Assaré, nosso, Antônio Gonçalves da Silva prá dupla virar trio os autores entregaram ao cantor e compositor baiano, o cabra bom de Xiquexique Pedro Sampaio, para interpretar....seu "minino" "meu bichim" veja só que maravilha as vésperas do centenário de nascimento de Patativa à ser comemorado em 5 de março de 2009....à esse trio de baianos maravilhosos, pela minha admiração e condição de Patativano e Gonzagueano...muito obrigado por esse presente ao povo cearense. E aproveitamos para disponibilizar e compartilhar com todos que nos visitam em nosso blog chegaprasomarmeupovo a oportunidade de apreciar tamanha maravilha...veja o poema e ouça a canção na interpretação inconfundivel do baiano Pedro Sampaio, direto das barrancas do São Francisco...

Em tempo um lembrete ao poeta Emannuel Sampaio...você disse que queria vir até o monumento de Patativa; pronto cumpri a promessa ...Tô esperando o bode assado...

.


Nasceu no mato,
lá na serra de santana
numa pequena choupana
no sertão do Ceará

viveu na roça,
de onde criou nove filhos
se mantendo neste trilho
atá a morte chegar

falou da vida
do caboclo sertanejo
cantado a dor e o desejo
de um dia isso acabar

Um sonhador,
que respirava liberdade
contando a realidade
do sertão que aí está

a poesia,
sua arma verdadeira
atravessou a fronteira
foi até o além mar

chegando a França
um artista sem ter nome
teve estudado em Sorbone
o seu verso popular

este poeta
mesmo não sendo letrado
foi completo iluminado
pela luz da sua fé

seu verso triste
hoje chora de saudade
do poeta da verdade
Patativa do Assaré
"poeta,
cantor de rua
que na cidade nasceu
c ante a cidade que é sua
que eu canto
o sertão que é meu"

Emmanuel Sampaio
Gilton Della Cella

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Missa celebrada na Câmara Municipal de Fortaleza em homenagem ao dia das mães

Pedro Sampaio representando o Comitê de Imprensa, rádio e televisão CIRT e o jornalismo da Rádio Cidade, Fez uma belíssima homenagem ao ler seu poema " Homenagem de um orfão" que tem a parceria do poeta alksar, fazendo com que pudéssemos ver e sentir a emoção de suas palavras sendo transmitidas em lágrimas por todos alí presentes.
Ressalto também que na mesma ocasião, a presidente da ASCANFOR Lúcia Bayma não conteve sua emoção ao ler um poema de Pedro Sampaio entitulado "Mulher de maio".
Tudo isso com link direto no programa comandado por Flávio Moreira Notícias na Cidade, ele também que comanda o jornalismo e o esporte na Cidade am.






quarta-feira, 7 de maio de 2008

O CATA(DOR)


A família do catador de lixo morto não consegue ajuda de órgãos públicos para transportar o corpo ao SVO.
O catador de lixo José Carlos Ferreira de Sousa, de 39 anos, mesmo depois de morto, foi protagonista ontem de cenas de desumanidade, abandono e crueldade. Ele morreu nas primeiras horas da manhã de ontem e, sem conseguir transporte para levar o corpo, após pedir ajuda a diversos órgãos públicos, a comunidade e sua família decidiram transportá-lo na carroça de guardar lixo em que ele trabalhava, num cortejo entre o Jangurussu, passando pelo Frotinha de Messejana até chegar no Sistema de Verificação de Óbitos (SVO), na BR-116, sob o sol escaldante.

Fotos e trecho da Matéria
DIÁRIO DO NORDESTE

Nosso amigo Radialista PEDRO SAMPAIO, focaliza aqui em sua poesia o drama de JC



O CATA(DOR) MEU HÉROI


O CATA(DOR) MEU HÉROI
O Carro sumiu....

Quem foi que assumiu.?
Ninguém sabe,ninguém viu....
José Carlos o cata(dor) se foi...
Agonizou,sofreu dor o cata(dor) sofredor
Ninguém se interessou...
Ninguém o hospitalizou...

Ninguém se importou...
E o doutor.? ora bolas! o liberou...!!!
Vá se caatar...cata(dor)...!!!

Vá catar...dor..!!!
E o doutor?...o consultou,hidratou...será?
E a dor do cata(dor) ? é mazela,buscopan nela...!!
E a dor do cata(dor) ? joga pela janela...!!!
E a dor do cata(dor) ?...vá ...vá vá curar na favela...
O cata(dor) doutor...tá catando agonia...

Ele não amanhecerá o dia...!!!!
E se amanhecer...??? ah...será loteria!!!
O cata(dor) doutor não suportou a dor...!!!
Se ferrou..!!! sabe doutor! o que aconteceu????
MOOORREU.....!!!!!!
No sono , no abandono e sem dono!!!
Parece capricho...!!!!
O cata(dor) de lixo
E seu carrinho com quem catou a dor de viver..

Foi o amigo inseparável na hora de morrer..!!!
Sem lenço,sem documento..!!
Não teve alento no duro momento...
Da consumação...
Seu corpo exposto,à lama e ao paú..
José Carlos nessa vida...
Sem ter voz altiva...
Me fez lembrar Patativa...
Canta(dor) da triste partida..

Cantou também prá tú...!!!
Teu carrinho na vida...
Fazia tua despedida...
Em tua triste partida...

Te levando pela avenida...
Do teu JANGURUSSÚ...

Aos olhos do insensato...
Desfilava ao sol inclemente...
Como fora um assasinato...
De um pobre indigente...
Não te fizeram sentinela...
Na Fortaleza bela...!!!

E isso Zé ...isso me dói...
E eu não esqueço jamais....
Zé descanse...em paz...!!!
Tú és meu héroi...!!!!

(Pedro Sampaio)


Do: Poeta Erasmo Barreira / Para: Pedrinho Sampaio

Poeta e Profeta Erasmo Barreira


Gonzagão foi um guerreiro
De nome reconhecido
No Nordeste Brasileiro
Onde ia era aplaudido
Sanfona branca na mão
Cantava com inspiração
Ele animava o salão
De palha e barro batido

I

Quando cantava um baião
Por todos era aplaudido
Hoje no nosso sertão
O forró tá esquecido
Quando Gonzagão cantava
A sua voz era brava
Ninguém cantando imitava
Nesse Nordeste querido

II

Chorei naquela semana
De agosto mês sofrido
Quando o filho de Santana
Se encontrava falecido
Não tem mais quem agüente
Deus tenha pena da gente
Mande Luis novamente
Eu ficava agradecido

III
Sabemos que Gonzagão
Já mais será esquecido
Trocou o reino do chão
Num reino mais garantido
Ele trocou sua cruz
Ganhou uma eterna luz
Hoje mora com Jesus
Na mansão do prometido

Autor: Erasmo Barreira




Acordar no Sertão

Não tem coisa mais bonita
Pra gente acordar feliz
Com o cântico dos xexéus
Das graúnas e colibris
Dos sabiás dos canários
Rouxinóis e juritis

Quando escuto a codorniz
Com o relinchar do cavalo
Com o berro do bezerro
Com a cantiga do galo
O leitão gordo deitado
E o peru a arrodeá-lo

Entoam que nem badalo
Os pardais e a peitica
Com o seu cantar sonoro
No galha da oiticica
Escutando direitinho
Ela só diz fica fica


O jumento a hora indica
Com o seu lindo relinchão
Avisando ao sertanejo
Não perder a condução
Pra você ver tudo isso
Tem que morar no sertão

Autor: Erasmo Barreira


sexta-feira, 2 de maio de 2008

Dois momentos em que o POETA e RADIALISTA Pedro Sampaio, homenageia um grande amigo, irmão e comunicador Djair Nogueira em seu aniversário.



Comunicador Djair Nogueira

VOCÊ!!!

Que já andou pelos quatro cantos do mundo procurando... e me disse que foi exatamente num sonho que ele lhe falou:

-NÃO DIGA QUE A CANÇÃO ESTÁ PERDIDA

TENHA FÉ EM DEUS, TENHA FÉ NA VIDA.

TENTE OUTRA VEZ ... e você acreditou e me disse de forma decidida...que é de BATALHAS QUE SE VENCE A VIDA... e com você eu aprendi a TENTAR OUTRA VEZ...

Admiro muito você quando sempre diz: NÃO ADIANTA QUERER ME DERROTAR POIS NEM MESMO DDT PODE ME EXTERMINAR PORQUE CÊ MATA UM E VEM OUTRO EM MEU LUGAR e assim você vai sendo A MOSCA DA SOPA na hipocrisia de muita gente.

Pois você não vai ficar, você é com toda certeza O MALUCO BELEZA que aprendi a amar como irmão, respeitar como homem e admirar como amigo, sempre disposto a ser um COWBOY FORA DA LEI mas que nos adverte a não perder o TREM DAS SETE pois se preocupa com QUEM VAI FICAR, QUEM VAI PARTIR? QUEM VAI CHORAR, QUEM VAI SORRIR?

Um dia você me disse: “PEDRO PORQUE QUANDO QUER CHORAR VAI AO BANHEIRO ? PEDRO AS COISAS NÃO SÃO BEM ASSIM.

Deja AONDE CÊ VAI EU TAMBÉM VOU... e num trocadilho te digo MAS NEM TUDO ACABA ONDE COMEÇOU pois tal qual uma METAMORFOSE AMBULANTE você transforma O INÍCIO, O FIM E O MEIO...

Deja... e parafraseando um outro ídolo seu que não tem o privilégio que eu tenho de ser seu amigo, porém gostaria muito que algo que ele cantou pudesse te encantar e se arraigar em seu coração e como esse seu ídolo você pudesse também dizer: CUBRA-ME COM SEU MANTO DE AMOR, GUARDA-ME NA PAZ DESSE OLHAR, CURA-ME AS FERIDAS E A DOR, ME AJUDE A PASSAR... NOSSA SENHORA ME DÊ A MÃO CUIDA DO MEU CORAÇÃO, DA MINHA VIDA, DO MEU DESTINO... CUIDA DE MIM... e faça com que eu consiga SUBIR A MONTANHA E FICAR BEM MAIS PERTO DE DEUS E REZAR... sem esquecer de dizer JESUS CRISTO, JESUS CRISTO, JESUS CRISTO, EU ESTOU AQUI....

Feliz Aniversário

Grande Irmão!!!!!!

Pedro Sampaio



2006




O GRANDE IRMÃO


Hoje que grande dia...
Maior só a alegria
De poder comemorar...
A festa de Djair....
Cabra que só tem por aqui
Nas bandas do Ceará...

Às vezes parece austero...
Mas é seu jeito sincero...
Que deixa alguém na agonia...
Esculhamba os filhos da puta...
Djair é sujeito batuta
Que só nos traz alegria...

Ama tanto Fortaleza
O nosso maluco beleza
DN Studio ele criou...
Quando eu preciso algo aprender
Toda vez vou me socorrer
Com o Djair meu professor...

Que na faculdade da vida...
Ou dificuldades da lida...
Djair é genial...
Em matéria de religião...
Ou mesmo de paixão...
O bicho é cara de pau.

Te parabenizei ano passado...
Hoje estou emocionado...
Feliz por festejar...
Aquele que brinca com a sorte...
Que não tem medo da morte
Isso eu posso afirmar...

Esse grande coração...
Que eu tenho como irmão...
Isso é afirmação verdadeira...
Sua amizade me faz feliz
De você sou eterno aprendiz...
Irmão Djair Nogueira...

Pedro Sampaio

2007

Homenagem as mulheres. 8 de Março - Meu carinho, respeito e admiração a todas as mulhers

Para assistir o vídeo, Clik na imagem do vídeo e se encante com o poema 8 de Março. Poema esse, que é parte integrante do livro " A MINHA NOSDESTINIDADE ABRAÇANDO A POESIA' de minha autoria que em breve será lançado.
Loading...

Justa homenagem Patativa do Assaré

Para assistir o vídeo . Clik na imagem do vídeo.
Loading...

Confira Zé Carijó em dois momentos.

é só clikar no play.Radinho 01. Sebastiana - Radinho 2. Pode me levar pra casa ==================================
===================================
 
====================================
Loading...

Na voz do Cantor e Compositor baiano GILTON DELLA CELLA

 Pedro Sampaio - PERFEITO ATO DE AMOR
=================================================  Pedro Sampaio - SONETO A VIRGEM DE FÁTIMA

Quero um mundo de bem e paz.

Photobucket

Faça sua pesquisa aqui